Banco do Nordeste 65 anos

terça-feira, 21 de novembro de 2017

Senado pode votar hoje voto distrital misto e mais recursos para a saúde




O projeto que cria o voto distrital misto abre a pauta de votações na sessão desta terça-feira (21/11) do Senado. De autoria do senador Eunício Oliveira (PMDB/CE), a proposta (PLS 345/2017) tramita em regime de urgência e junto com mais dois projetos. O projeto institui o sistema distrital misto para as eleições dos deputados federais, estaduais, distritais (DF) e vereadores. 

De acordo com o texto, estados e municípios serão divididos em distritos e os eleitores terão direito a dois votos: um para o candidato específico do seu distrito eleitoral e outro para um partido de sua escolha. Dessa forma, parte das vagas em disputa será preenchida por representantes distritais (sistema majoritário) e a outra a partir das listas de candidatos ordenadas pelos partidos. Nesse último caso, o que decidirá os vencedores é a votação proporcional de cada partido.


“O ruim e o pior”



O Estadão, em editorial, diz que Lula é ruim e que Jair Messias Bolsonaro é ainda pior.


Leia um trecho:

"Há muito pouca diferença entre Lula e Jair Messias Bolsonaro quando o tema é economia. Ambos defendem um nacional-desenvolvimentismo semelhante ao do regime militar, cuja adoção pelos governos petistas foi determinante para a catástrofe que se abateu sobre o País. E ambos falam em rever o limite estabelecido para os gastos públicos.

Assim, uma eventual vitória de um ou outro teria como resultado não apenas uma profunda cisão na sociedade, o que já seria em si terrível, mas também a retomada do mais grosseiro populismo. Ainda há tempo para evitar esse funesto desfecho".

O candidato do Estadão é Michel Temer.

Lava-Jato: Polícia Federal outra vez nas ruas




Policiais federais estão nas ruas na manhã desta terça-feira (21/11) para cumprir 14 mandados judiciais da 47ª fase da Operação Lava Jato em cidades da Bahia, Sergipe, Santa Catarina e São Paulo. A atual fase foi batizada de Sothis e tem como principal alvo a investigação de empresas e sócios suspeitos de atuar em um esquema de repasses ilegais de uma empreiteira para um funcionário da Transpetro, que é uma subsidiária da Petrobras, em troca de contratos com a estatal.

Do total de mandados, oito são de busca e apreensão, um é de prisão temporária, e cinco mandados são de condução coercitiva, que é quando a pessoa é levada para prestar depoimento. A prisão foi expedida para ser cumprida na Bahia. Os crimes investigados na operação são corrupção, lavagem de dinheiro, entre outros. O alvo de prisão temporária será levado para a Superintendência da Polícia Federal - PF, em Curitiba. O nome da operação, segundo a PF, é uma referência à uma das empresas investigadas chamada Sirius. "A estrela Sirius era chamada pelos egípcios de Sothis", explicou a corporação.


Fonte: G 1

Lava Jato: prova de fogo para STF na área criminal




Mais contundente investigação contra a corrupção do país, a Lava Jato representa também a maior prova de fogo da história do STF - Supremo Tribunal Federal na área criminal. O tribunal terá que decidir sobre pelo menos três temas que poderão abalar a investigação ou, no sentido contrário, consolidá-la.

No Supremo, o direito produzido pela Lava Jato ainda é uma incógnita em pontos fundamentais, projetando sombras de dúvidas também sobre outras investigações. Ao mesmo tempo em que têm de lidar com a pressão popular para uma solução do caso, os ministros do STF deverão decidir sobre questões a respeito das quais não existe uma jurisprudência acima de divergências internas.

segunda-feira, 20 de novembro de 2017

Consciência Negra: Afroquilombolas de Caucaia celebram data e homenageiam Naumi




A Caravana Cultural Afroquilombola de Caucaia promoveu nesta segunda-feira (20/11) a III Celebração Afro em Ação de Graças pela passagem do Dia da Consciência Negra, celebrado hoje. O colegiado homenageou 11 personalidades com o III Prêmio Sankofa. O prefeito Naumi Amorim foi um dos agraciados, conforme justificou a organização do evento, “pelo trabalho desenvolvido em Caucaia valorizando as comunidades...

Continuar lendo

No afã de adular Temer, Segóvia atinge até a PF

Reportagens de Jonas Mello no Programa João Paulo Monteiro na Rádio Assunção AM 620 Khz - exibido em 20/11/2017

Foi só um bate-papo’, diz Toffoli sobre encontro com Temer



O ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal - STF, contou nesta segunda-feira (20/11). que se encontrou com o presidente da República Michel Temer na manhã de domingo (19/11), no Palácio da Alvorada. O assunto tratado não foi divulgado. Mas o ministro garantiu que foi apenas um "bate-papo informal".

— Foi só um bate-papo. Eu sempre me dei muito bem com ele (Michel Temer). Foi um bate-papo de assuntos gerais, conversamos sobre coisas gerais, nada específico. Era um bate-papo informal — declarou Dias Toffoli. O ministro será o próximo presidente do STF. Ele vai assumir o cargo em setembro de 2018, em substituição à ministra Cármen Lúcia.

Informativo diário do Governo do Estado do Ceará, 20 de novembro de 2017

 Edição nº 500
AGENDA NO EXTERIOR
                    Foto: Ascom / Governo do Ceará

O governador Camilo Santana participou nesta segunda-feira (20), em New Haven, nos Estados Unidos, do evento “Encontro de altas autoridades: Uma nova gestão pública para um novo Brasil”. Realizado pela Fundação Lemann, em parceria com a Universidade de Yale, o seminário vai até terça-feira (21) e reúne cerca de 30 pessoas, entre gestores públicos, privados e sociedade civil.    
             

O Governo do Ceará realizou ação histórica para beneficiar servidores das universidades estaduais. Após reunião entre o Executivo e representantes das instituições de Ensino Superior cearenses, foi enviada à Assembleia Legislativa mensagem que objetiva instituir o Plano de Cargos, Carreira e Vencimentos (PCCV) do quadro de pessoal técnico administrativo da Funece, Urca e da UVA. 

As exportações cearenses somaram, de janeiro a outubro de 2017, US$ 1,65 bilhão. O resultado é superior em 70 por cento os US$ 973 milhões verificados em igual período do ano passado. O saldo da balança comercial do Ceará totalizou um déficit de 287,4 milhões de janeiro a outubro deste ano, menor do que o verificado no mesmo período de 2016 (US$ 2,19 bilhões).
+ Notícias do dia + Notícias do dia 18/11
Compartilhe nas redes sociais ou envie por email.
Share
Tweet
Forward

Jornal de Leste a Oeste - edição do mês de novembro de 2017




Fonte: jcr - Comunicação

TSE lança canal no Twitter para tirar dúvidas do eleitor



A partir desta segunda-feira (20/11), eleitores de todo país não precisarão sair de casa para saber de sua situação na Justiça Eleitoral. Além disso, caso tenham alguma pendência, receberão orientações de como resolvê-la. Tribunal Superior Eleitoral (TSE) começa nesta segunda-feira o atendimento por meio do Twitter, que permite ao eleitor ter acesso a diversos serviços e orientações no ambiente de mensagens diretas (DM's).

"A tecnologia tem sido uma grande aliada da Justiça Eleitoral, a exemplo do contínuo investimento realizado em sistemas e equipamentos eleitorais. Na mesma linha, a internet também tem o papel de protagonismo na disseminação de informações e serviços ao eleitor. Ter o Twitter como parceiro é mais uma forma de promover a democracia, ao estarmos próximo do eleitor de forma direta, acessível e informal", disse a coordenadora de Campanhas e Redes Sociais do tribunal, Neri Aciolly.

Governador apresenta modelo de gestão do Ceará em evento nos EUA



Evento "Encontro de altas autoridades" conta com 30 gestores públicos, privados e sociedade civil



O governador Camilo Santana participou nesta segunda-feira (20/11), em New Haven, nos Estados Unidos, do evento "Encontro de altas autoridades: Uma nova gestão pública para um novo Brasil". Realizado pela Fundação Lemann, em parceria com a Yale University, o seminário vai até terça-feira (21/11) e reúne cerca de 30 pessoas, entre gestores públicos, privados e sociedade civil. "Esse é um momento ótimo para apresentarmos o modelo de gestão do Ceará, que já está sendo reconhecido internacionalmente, e debatermos os desafios para o futuro do nosso estado e do país", citou Camilo Santana, que foi um dos três governadores convidados para participar do fórum, ao lado de Paulo Câmara (PE) e Paulo Hartung (ES). 

"A situação fiscal do Ceará e os avanços da educação nos últimos anos chamaram a atenção dos segmentos internacionais", disse o governador cearense. Durante o evento, Camilo Santana participou do fórum “Contexto do panorama internacional e desafios do Brasil", que teve a mediação de Jorge Paulo Lemann, presidente do Conselho da Fundação Lemann. Nesta segunda-feira foram apresentadas experiências internacionais (EUA, Chile e Cingapura) de sucesso em gestão pública e os desafios para o Brasil.

Na terça-feira estão previstos debates entre os 30 participantes e a sessão "Como construir diálogo e colaboração para gerar transformações perenes", que será apresentado pelo fundador do Programa de Negociação de Harvard University, Willian Ury, um dos mais renomados especialistas em negociação do mundo. "Serão dias muito ricos para a troca de experiências em gestão pública e que, certamente, serão importantes para trazermos novas ideias para o Ceará", afirmou Camilo Santana, que estava acompanhado do secretário José Élcio Batista (Chefia de Gabinete).



Fonte: Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado do Ceará - Gabinete do Governador

Dia Estadual do Profissional de Educação Física é decretado



Foi decretado o Dia Estadual do Profissional de Educação Física, a partir de Projeto de Lei de autoria do deputado Bruno Pedrosa (PP). Agora, 1º de setembro passa a integrar o calendário oficial de eventos do Estado do Ceará.

"Através desse PL, o intuito é sensibilizar a população cearense por meio de ações educativas sobre a importância da atuação do profissional para a qualidade de vida das pessoas. O reconhecimento e a valorização do educador físico implicam diretamente no processo motivacional e conduzem à excelência no desempenho das atividades".

Bruno Pedrosa tem outro projeto tramitando na área, o 115/2016, que dispõe sobre a docência de Educação Física, na rede pública e particular de ensino do Ceará. "Nossa intenção é garantir que a docência no campo escolar seja exercida por profissionais licenciados nos cursos de Educação Física reconhecidos por instituições de educação superior".


Lula e Bolsonaro empatados em pesquisa do PT


O PT vazou para a Folha de S.Paulo uma pesquisa interna em que Lula e Jair Messias Bolsonaro aparecem empatados no Rio de Janeiro.


Os outros candidatos são nanicos: Marina Silva tem 7%, Ciro Gomes tem 4% e Geraldo Alckmin, o lanterninha, tem 3%.

Temer fortalece Maia com trocas no governo

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e o presidente da República Michel Temer. (Foto: Adriano Machado/Reuters)



Novo ministro das Cidades é aliado do presidente da Câmara, que também quer articula mudanças no comando do BNDES e na Secretaria de Governo



As mudanças no primeiro escalão que o presidente da República Michel Temer (PMDB) vai anunciar nos próximos dias irão fortalecer o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (Democratas/RJ). Além de decidir entregar o Ministério das Cidades a um aliado de Maia, o governo já prepara a troca do comando do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) – defendida pelo presidente da Câmara dos Deputados. Temer quer manter uma boa relação com Maia em razão da posição estratégica do deputado. Como presidente da Câmara, ele é responsável pelo cronograma de votação do plenário, o que inclui a reforma da Previdência e as medidas fiscais já enviadas pelo governo. 

O presidente também precisa de Maia para votar os ajustes na reforma trabalhista propostos em medida provisória, o que contrariou o deputado, que defendia mudanças apenas por projeto de lei. Ontem, Temer foi à casa de Maia para um almoço do qual participou o deputado Alexandre Baldy (sem partido-GO). Um dos principais aliados de Maia, Baldy foi escolhido para substituir Bruno Araújo (PSDB/PE), que entregou o cargo de ministro das Cidades no rastro da crise entre o governo e a cúpula tucana. Parlamentares da base aliada e integrantes do núcleo político do presidente também participaram do encontro, que se estendeu por toda a tarde.

Segundo um ministro próximo de Temer, o peemedebista deve indicar um nome que tenha aval de Maia para comandar o BNDES, maior fonte de financiamento hoje no país. O atual titular do BNDES, Paulo Rabello de Castro, é alvo de pressão por parte de líderes da base governista. As críticas aumentaram após ele ter sido lançado pelo PSC como pré-candidato à Presidência, durante convenção do partido em Salvador (BA), anteontem. O argumento é de que Rabello de Castro não pode continuar no cargo sendo pré-candidato. "Ele deve sair para cuidar só da candidatura dele agora", disse o líder do PR na Câmara dos Deputados, José Rocha (BA). "O Paulo Rabello não pode falar e fazer determinadas coisas na presidência do BNDES e continuar no governo. Por mim, ele já estaria fora", afirmou o vice-líder do DEM, deputado Pauderney Avelino (AM).

Temer, porém, ainda não bateu martelo sobre o nome do novo comandante do BNDES. Amigo do presidente, Rabello de Castro assumiu o BNDES em junho, após a saída de Maria Silvia Bastos Marques. A nomeação, contudo, nunca teve a simpatia de Maia. O presidente da Câmara não gostou de não ter sido consultado pelo governo sobre a escolha. Na época, ele defendia o nome de Luciano Snel, da Icatu Seguros, para o posto. Rabello de Castro vem sendo alvo de “fogo amigo” desde que assumiu o cargo, por bater de frente com o governo em algumas situações. A principal delas, a antecipação de pagamento ao Tesouro Nacional de empréstimos feitos ao banco de fomento.

'Diarista'

Em sua defesa, o economista afirmou que a cobrança por sua saída "perdeu o objeto", pois não é candidato. Ele disse ter se filiado ao PSC para contribuir com uma "agenda para o debate nacional", mas não descartou se candidatar. "Sou candidato a continuar meu trabalho. No futuro, se o Brasil insistir e se o presidente Temer insistir, posso ter outra missão para cumprir no aspecto político".

Em entrevista durante a convenção partidária, no sábado, o presidente do BNDES afirmou que só se considerará candidato após a convenção do partido. "Meu cargo pertence ao ministro do Planejamento e, por sua vez, é um cargo do presidente. Brinco que sou um presidente diarista", declarou.


Fonte: Estadão Conteúdo